Deus quer íntimos

1Jo 2:14 – “Jovens vós sois fortes, pois venceste o maligno, e a Palavra de Deus está em vós.”

Introdução: Davi ao executar o Salmos 23,  conforme a tradição judaica,   quando estava cercado num oásis, à noite, por tropas de um rei inimigo, daí o Salmo inserir tamanha confiança na Providência Divina contra os inimigos e pelo Teólogos o salmo foi produzido por Davi em sua época de pastor de ovelhas. Mas na verdade o que este salmo demonstra é que Davi tinha intimidade com o Senhor Deus, e isso se desenvolveu na sua adolescência.

Imagem relacionada

Vamos fazer alguns questionamentos:

Por que o jovem é forte? E por que já venceu o maligno?

Para o jovem, estar na igreja e no Senhor é uma dificuldade imensa, pois o mundo vive tentando roubar seu coração, ensinar falsas doutrinas e fazer do jovem um fraco. Mas o jovem vence o maligno quando entrega seu coração a Deus e se deixa trabalhar na força da juventude pra Deus. Mas o real momento que ele consegue vencer as adversidades na sua vida é quando faz da Palavra da Verdade um escudo pra sua vida. Veja o versículo na parte b de 1Jo2:14: “pois a Palavra de Deus está em vós.” Pois a Palavra é o FORTE ESCUDO do Jovem.

Não foi de graça que Davi foi chamado o homem segundo o coração de Deus (At 13:22), pois cumpriu toda a vontade de Deus na terra. O prazer de Davi era o mesmo de Js 1:8 meditar na lei do Senhor de dia e de noite, pois ele salmodiava isso. Davi fazia “tehillah” pra Deus, cantava na presença Dele com expressão de vida, isso indica um canto, um louvor, um hino de oração. Essa é a palavra usada muitas vezes nos salmos, que em hebraico são chamados “Sefer Tehillim”, ou seja, livro dos cantos, dos louvores. Nesse caso tehillim é o plural de tehillah.

Davi sabia estar na presença de Deus, pois seu nome foi colocado no rol dos Heróis da Academia da Fé de Hebreus, Hb 11:32. Davi era um intercessor nato. Isso era natural pra ele. Seus tehillah demonstravam intimidade, comunhão e expressão de adoração. Davi através da intercessão e da adoração à Deus desenvolveu INTIMIDADE com Ele. Deus quer desenvolver esta mesma intimidade com você jovem. Como?

1. Orando – Mas o que é orar?  É relacionamento. É conversar com Deus. Como Deus fazia com Adão no Jardim do Éden, ou Jardim de Delícias, todos os dias a tardinha. Deus quer se relacionar com você. Hoje talvez você comece tímido, mas com o tempo isso será fichinha, porque o verdadeiro amor lança fora todo o medo (1Jo 4:18).

Intimidade se constrói. Como um namoro, você não começa dizendo (oh cara, aqui estou, eu, a Gertrudes e você venha aqui me ajudar). Primeiro batem os primeiros chamegos, perguntam-se coisas da vida um do outro. Você não tem perguntas pra Deus? – P.ex.: Como você é? Como posso entrar em tua presença e não sair mais? – Se você não tem perguntas pra Deus, Ele tem pra você. Construa com Ele um relacionamento, falando com Ele todos os dias. Não apenas: Deus Pai todo poderoso, criador dos céus e da terra…, mas meu amigo, que podemos fazer hoje juntos?

Com o passar do tempo você vai ficando tão íntimo Dele, que você começará a ter os mesmos pensamentos Dele. A Bíblia nos diz que nós temos a mente de Cristo (1Co 2:16) e como temos isso (Rm 12:2)? Pensando como Ele, falando como Ele, vivendo como Ele, sentindo seu coração, sabendo a sua mente, ou seja, nos relacionando com Ele.

Jesus era judeu, pensava como judeu, vivia como judeu. Como posso pensar como Ele?

2. Lendo Sua Palavra – A maneira mais fácil de conhecê-lo é lendo Sua Palavra. Porque Jesus é o verbo (Jo 1:1), Ele é a Palavra viva do Deus eterno, nada do que foi feito, foi feito sem sua presença. Quando lemos sua palavra, podemos orar e adorar conforme Sua palavra, desenvolvendo a mente de Cristo. Ual! Porque Jesus é o cara! Sim! Meu ídolo! E quando tenho alguém pra seguir, como ídolo, tudo muda, minha vida muda, meu entendimento muda, tudo, tudo muda. Eu não começo a me relacionar intimamente com Ele, mas começo a adorá-lo verdadeiramente, pois são estes que o Pai procura (Jo 4:23).

3. Adorando – O relacionamento com Jesus me faz me tornar mais parecido com Ele e adorá-lo. Começo a ver a beleza do seu coração, seu amor, suas respostas, seus pensamentos.

Davi orava, cantava, se relacionava com Deus, se tornou amigo e depois ÍNTIMO, tanto que descobriu os segredos do coração de Deus. Davi descobre uma reunião no céu antes mesmo de Jesus vir a terra, e isso é reforçado no Novo Testamento. Diz Davi: Disse o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te a minha direita até que ponha teus inimigos por estrado dos teus pés (Sl 110:1). E quando o cego de Jericó fala com Jesus, o chama de Filho de Davi (Lc 18:38). Logo a frente quando Jesus está ensinando seus discípulos e discutindo com os escribas da lei em Lucas 20:41-44, Jesus questiona como pode o Cristo ser o Filho de Davi e repete a palavra escrita no livro dos Salmos – Se Davi lhe chama Senhor, como é ele seu filho? Gente é demais né.

Davi descobriu uma reunião nos céus, onde o Pai estava sentado com Jesus falando acerca das coisas que viriam no futuro, que ainda não tinham acontecido.  Jesus, no Evangelho de Lucas, explica que Ele não era o filho de Davi, poderia ser da linhagem, mas não Filho dele,  porque Jesus era o Cristo que estava entre eles. Davi ouviu o coração de Deus, descobriu os segredos de Deus.

Davi não para aí, não! Pasme. Ele começa agora a querer ir mais fundo, mais além. Independente de seus pecados, ele quer agradar a Deus, agradar seu coração. Davi gasta tempo com Deus. Faça isso: GASTE TEMPO COM DEUS.

Davi agora descobre o modelo de adoração celestial e traz pra terra esse modelo, 24h/7d em que a adoração, a intercessão e a proclamação da palavra estão conectados ao modelo de Deus. Davi cria o Tabernáculo de Davi, traz a Arca da Aliança, que o povo nunca pode ver, mas Davi coloca a Arca da Aliança em uma tenda, em um Tabernáculo pra que Deus fique próximo do seu povo. Assim como a graça fez conosco, quebrando a barreira que nos impedia de ir a Deus, através do qual somente podíamos ir através do sacerdócio levítico, agora, podemos ir através do sacerdócio de Melquisedeque, pois o véu do templo se rasgou e posso entrar confiadamente perante o trono da graça.

Durante 40 anos o Tabernáculo de Davi esteve ativo sobre a terra, adorando a Deus 24 horas por dia, 7 dias da semana. Davi ensinou o povo de Israel a amar a Deus, a ter intimidade com Ele, e a chegar-se a Deus – 2Cr 35:15. Asafe, Hemã e Jedutum são aqueles que dirigiram o céu na terra por 40 anos com suas famílias.

Podemos adorar a Deus 24h/7d? Claro, e inclusive Deus está levantando igrejas, Casas de oração que estão já fazendo isso. Existem no mundo hoje 1700 Casas de Oração 24/7, isto em 2018. Isso é avivamento mundial. Uma igreja apaixonada por Jesus e que não é mais uma Noiva Pacata e esquizofrênica, mas uma Noiva apaixonada que está disposta a se tornar íntima de Jesus.

Concluindo:

Como me torno íntimo? Andando com Deus, quanto mais andamos com uma pessoa mais parecido com ela nós ficamos e nos tornamos aquilo que obedecemos (Rm 6:16 – Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça?). O mundo diz: mostra com quem andas, que direi quem tu és. Jesus diz: aquele que me ama, obedece aos meus mandamentos.

Jesus é o modelo. Vamos nos relacionar com Ele: a)Orando – conversando com Deus; b)Lendo a Palavra – conhecendo a Deus; c)Adorando – declarando Sua majestade e Seus feitos. Queremos ouvir seu coração, vamos gastar tempo com Ele.

Deus os abençoe, não seja apenas amigo de Deus, mas íntimo.


Pra Marlici Santos

Ministério Profético

Endereço

Rua Prof Algacyr Munhoz Mader, n°2270, CIC, Curitiba/PR

Entre em Contato

Envie um WhatsApp!

41 3042-5748

41 98776-1050

cctdavi@yahoo.com.br

Formulário de Direito dos Titulares

Siga-nos

Prover ® 2021. Todos os direitos reservados.