Academia da Fé

Ap 22:12 “E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras.”holyspiritfire1

Tema: Deus retribuirá a cada um segundo a sua obra.

Introdução:

Hoje queremos falar de um homem que foi escravo em uma outra terra, ainda adolescente, foi governador sobre 4 reinados, influenciou 4 reis, fez diferença em uma geração que estava totalmente desgastada, filho de Judá, que não se misturou com o mundo, recebeu dons e talentos e os usou para Deus. Este homem fez parte da Academia da fé, perseverou a carreira que lhe foi proposta iniciou-a com 14 anos e findou-a com aproximadamente 80 anos, pois a Palavra de Deus diz que a vossa obra há uma recompensa. Ele é Daniel, vamos ler e entender como ele chegou a ser chamado como o foi 10:11-12:

Ele me disse: Daniel, homem muito amado, está atento às palavras que te vou dizer; levanta-te sobre os pés, porque eis que te sou enviado. Ao falar ele comigo esta palavra, eu me pus em pé, tremendo. Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim.”

Daniel foi chamado de homem muito amado por Deus, poucos foram assim chamados por Deus, mas por que?

1. Escravo e Adolescente – Daniel era da linhagem real, de Judá, adolescente sem defeito, de boa aparência, instruídos em toda sabedoria, doutos em ciência, versados no conhecimento, competentes – Dn 1:3-9.

Nabucodonosor mandou que se escolhessem jovens da linhagem real com todas estas características do reino para servi-lo no palácio, deviam aprender a língua dos caldeus e a cultura dos babilônicos durante 3 anos.

Jesus ensinou seus discípulos durante 3 anos e este é período necessário para ensino. Nabucodonosor queria os jovens e adolescentes, porque, como o mundo também acha, são influenciáveis e muito mais fáceis de fazê-los ficar com a aparência da Babilônia.

A Babilônia estava governando o mundo e queria que todos ficassem como os caldeus. Mas encontrou 4 adolescentes Daniel, Azarias, Misael e Hananias que não se deixaram influenciar pelos caldeus, pelo mundo, resolveram não se embebedar com o vinho, e nem comer do manjar do rei. Durante 3 anos comeram legumes e tomaram água, e Deus fez com que achassem graça perante o chefe dos eunucos.

A esses 4 jovens Deus deu o conhecimento e a inteligência em toda a cultura e sabedoria, mas a Daniel deu inteligência de todas as visões e sonhos. Você não precisa se misturar com o mundo pra ser exaltado pelo mundo, mas se separar pra Deus fez toda a diferença na vida deles.

Daniel adorava a Deus em todas as situações, Deus era o 1o. em sua vida sempre, Ap 22:14; Dn 2:20-23, 47, e o ímpio reconhece que o Deus de Daniel.

2. Não faz concessões com o mundo – Daniel e seus amigos não fizeram concessões com o mundo, por não fazerem, foram jogados na fornalha de fogo ardente, a qual foi aquecida 7 vezes mais, não quiseram adorar a estátua de Nabucodonosor.

O engraçado é que morreram todos os homens que os jogaram, porém os 3 estavam amarrados, mas depois lá dentro estavam livres e havia um 4o. homem, o qual tinha aparência dos deuses santos. Nabucodonosor faz um decreto que não havia Deus que podia livrar como o deles. Dn 3:39

3. Recebeu dons e talentos – Daniel recebeu dons e talentos de Deus, assim como nós também os recebemos, mas os usou para engrandecer o nome de Deus, não o seu nome, nem para ganhar dinheiro, mas para engrandecer o nome do Todo Poderoso.

Aqueles que fazem a vontade de Deus permanecem para sempre na nossa memória, como kathryn kuhlman, Benny Hinn, John Wesley, Pedro, Tiago, João e os heróis da fé como Daniel.

Daqui a alguns tempos quem será lembrado: Michael Jackson ou Benny Hinn? kathryn kuhlman ou Elvis Presley? Aqueles que fazem a vontade de Deus permanecem para sempre.

Deus nos deu o penhor do Espírito, 2Co 5: 5-10, andando com bom ânimo, por fé e não pelo que vemos, com plena confiança, sabendo que compareceremos ante o Tribunal de Cristo e que receberemos o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.

4. Não andou como quis os amigos – a fidelidade de Daniel deixava os demais enciumados, Daniel já estava como governador pela 3a. vez, já havia passado dois governos o de Nabucodonosor e seu filho Belsazar, e agora no de Dario, o Medo, este gostaria de elevá-lo a categoria de 1o. sobre todo o seu reino.

Assim procuraram algo que ele pudesse errar, e a única coisa que encontraram foi que ele não pudesse orar ao seu Deus. E pediram ao rei que fizesse um decreto que ninguém pudessem orar num espaço de 30 dias ao seu deus  e ase assim o fizesse seria jogado na cova dos leões. O problema é que os decretos medos não podiam ser revogados.

Daniel resolveu continuar orando 3 vezes por dia à Deus e por isso foi lançado na cova dos leões. Isto entristeceu ao rei o qual naquela noite resolveu jejuar, mas Deus fechou a boca dos leões. Deus o exaltou de sobremaneira, que o rei fez um decreto também reconhecendo a soberania do Deus de Daniel, Dn 6 :26-27.

5. Recebeu revelações apocalípticas – sua fidelidade deu a ele o mesmo direito que somente João na ilha de Patmos recebeu, as revelações do livro do Apocalipse, mas ele continuou a carreira até o final, completou a carreira com Deus.

Ele desempenhou bem a carreira que lhe foi proposta, terminou bem, tanto que Deus disse que no fim de tudo, depois de seguir o seu caminho, ele descansaria  e no fim dos dias se levantará para receber a sua herança.

Conclusão:

Tudo porque você vai entrar no descanso do Senhor, a quem você prestará contas, Hb 4:3c-7,12-13, Daniel fez isto desde sua adolescência, até sua velhice, por isso foi chamado de homem muito amado.

O que você tem feito com o que Deus tem lhe dado? Saiba resta um repouso para o povo de Deus (Hb 4:9).

Será que você será lembrado daqui há a alguns anos, ou você fará parte daqueles que não fizeram nada de diferente, e suas memórias foram apagadas?

Eu não quero ser assim, quero fazer parte daqueles que serão lembrados por serem parte da ACADEMIA DA FÉ!!!

Pra. Marlici Santos


Endereço

Rua Prof Algacyr Munhoz Mader, n°2270, CIC, Curitiba/PR

Entre em Contato

Envie um WhatsApp!

41 3042-5748

41 98776-1050

cctdavi@yahoo.com.br

Política de privacidade

Formulário de Direito dos Titulares

Siga-nos

Prover ® 2021. Todos os direitos reservados.